quinta-feira, 18 de outubro de 2012

COMO ESCOLHER UM REPRODUTOR

A IMPORTÂNCIA DO REPRODUTOR


A importância do reprodutor para a rentabilidade de uma criação de ovinos é, frequentemente, subestimada. A escolha do macho é uma das decisões de maior impacto no desempenho futuro do rebanho. A figura abaixo mostra como a genética dos machos vai substituindo a genética original das ovelhas ao longo de 4 gerações.
O progresso genético dos rebanhos comerciais depende do avanço realizado nos rebanhos puros de onde os reprodutores são adquiridos. Rregra geral o valor genético do rebanho comercial acompanha o dos rebanhos puros com uma diferença de 2 gerações (cerca de 6 anos) .
Lembre-se: um bom reprodutor, ou o seu sêmen, custa apenas alguns quilos de cordeiros, um mau reprodutor provocará baixo desempenho em todo o rebanho.
 
 
COMO ESCOLHER UM REPRODUTOR
Dicas
Identifique qual o uso que você fará do reprodutor: Produção de matrizes de reposição? Produção de cordeiros para abate? Duplo propósito?
Identifique qual a disponibilidade forrageira do seu sistema de produção. Se for abundante pode-se pensar em animais de maior porte e com maior velocidade de ganho pré desmama. Se houver deficiência por longos períodos é melhor optar por uma genética de menor porte e menor velocidade de ganho em peso.
Verifique agora as "especificações técnicas" do seu candidato a reprodutor. Elas são a parte mais importante da sua decisão. As especificações mais confiáveis são as DEPs - diferença esperada de progênie, obtidas através de um programa de avalição genética. DNASergipe utiliza este método científico, produzido pelo programa ASCCO/USP na sua seleção.
Verifique se o animal tem DEPs adequadas para o uso do reprodutor e disponibilidade forrageira do seu sistema de produção.
Complemente a análise com o perfil RAMPES do seu candidato, para compatibilizar a funcionalidade com o tipo.”
O animal deve ter entre 01 e 05 anos de idade. Animais muito jovens podem morrer e os mais velhos têm vida útil menor.
Agora confira as características físicas do animal.
  • Teste a libido colocando-o junto a uma fêmea
  • Deve ser alerta e ativo
  • Boca com dentes em perfeito estado e oclusão normal
  • Narinas e olhos livres de corrimentos e injúrias
  • Pernas e cascos - observe o animal se locomovendo, não deve haver nenhum sinal de dor ou dificuldade para se movimentar. os membros devem estar bem aprumados, sem desvios com boletos e quartelas firmes, os jarretes devem estar bem separados entre si.
  • Inspecione o aparelho reprodutor: Os testiculos devem ser grandes e bem posicionados, o pênis livre para a exposição correta
  • O animal deve ter a aparência masculina
  • Verifique a cobertura muscular que deve ser evidente e sem excessos de gordura
  • A estrutura corporal deve ter uma garupa comprida e larga , com bom arqueamento das costelas.
O que fazer quando o novo reprodutor chegar
Verifique com antecedência o regime alimentar que o reprodutor recebia e faça uma transição suave para a alimentação disponível na sua propriedade.
Aplique uma dose de vermífugo e vacine-o contra a enterotoxemia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário